Grupo de Trabalho em Psicologia E-Health (2018)

O programa da actual direcção da OPP aponta à promoção do papel das/os Psicólogas/os em áreas emergentes da Psicologia como garante para um posicionamento da Psicologia e das/os Psicólogas/os nessas áreas e de garantia de mais oportunidades de empregabilidade para as/os Psicólogas/os portugueses. Acresce que o papel dos/as psicólogos/as nesta área e aplicação de conhecimentos das ciências psicológicas é reconhecida como essencial para o sucesso e eficácia da mesma, pelo que se reveste de importância estratégica a preparação da profissão e a sua sensibilização para a acção neste domínio.
Com os objectivos de:

1. Definir o papel do/a Psicólogo/a no contexto da E-Health;
2. Apresentar um quadro de competências a desenvolver para a actividades das/os Psicólogas/os neste âmbito;
3. Desenvolver uma proposta de guidelines para prática psicológica neste contexto;
4. Elaborar documentos de suporte à ação da OPP, quando solicitados pela Direção,

Coordenadores
Renato Gil Carvalho (CP 111)
Membros
Ana Dias da Fonseca (CP 12369)
Ana Rita Vaz (CP 7974)
Artemisa Rocha Dores (CP 1610)
Cristina Mendes Santos (CP 13914)
João Batista (CP 9466)
João Salgado (CP 4956) (foto) João Salgado

Professor no ISMAI – Instituto Universitário da Maia, onde dirige o Doutoramento em Psicologia, Especialidade de Psicologia Clínica, e o Laboratório de Investigação em Psicoterapia, afiliado com o Centro de Psicologia da Universidade do Porto. Psicólogo Clínico e da Saúde e Psicoterapeuta, é também diretor do serviço de consulta psicológica do ISMAI. É atualmente o representante da Ordem dos Psicólogos Portugueses no grupo de e-health da EFPA.



Para lá da colaboração com universidades portuguesas, tem sido professor convidado de diferentes universidades estrangeiras, tendo lecionado em diferentes países, tais como Finlândia (Universidade de Jyväskylä e Universidade da Finlândia Oriental), Espanha (Universidade de Barcelona, Universidade de Sevilha, Universidade de Granada, Universidade Autónoma de Madrid, Universidade de La Laguna, Universidade de Huelva), Itália (Universidade de Salento), e Áustria (Universidade Sigmund Freud). A nível da investigação, na última década tem-se dedicado sobretudo ao estudo da psicoterapia da depressão, variando o foco entre a investigação sobre eficácia de diferentes formas de psicoterapia, os estudos qualitativos do processo de mudança, a introdução de inovações na prática da rotina e a utilização de ferramentas de e-health nos cuidados de saúde na depressão. Foi o Investigador Responsável do projeto “Stop Depression”, financiado pelo mecanismo EEA Grants, dedicado ao desenvolvimento de um modelo de stepped care para os cuidados de saúde primários em Portugal. Atualmente coordena o projeto FCT “iCare4Depression” onde se encontra a desenvolver e a avaliar um protocolo de “blended therapy”, combinando terapia face-a-face com módulos online no tratamento da depressão.

Marlene Sousa (CP 11344)
Pedro Dias (CP 3936)