Grupo de Trabalho - Intervenção do Psicólogo em Contexto de Ensino Superior

Clique aqui para se inscrever na Plataforma de Psicólogos com Intervenção em Contexto de Ensino Superior.

Este Grupo de Trabalho tem os seguintes objectivos:

1. Definição do papel da/o Psicóloga/o no contexto do ensino superior

2. Apresentação de proposta de guidelines de prática neste contexto

3. Outros assuntos quando expressamente mandatos pela Direcção Nacional da OPP para o efeito

A actividade deste Grupo de Trabalho tem o seu término a 17 de Janeiro de 2018. 

Coordenadores
Teresa Espassandim (CP 519) (foto) Teresa Espassandim

Psicóloga, licenciada em Psicologia pela FPCE-UP, pós-graduada em Juventude: Novos Contextos e Intervenções pela UP e em Psiquiatria e Saúde Mental pela FMUP, Psicoterapeuta pela Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Centrada no Cliente e Abordagem Centrada na Pessoa, com títulos de Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e em Psicologia da Educação e com Especialidades avançadas em Psicoterapia e em Psicologia Vocacional e do Desenvolvimento da Carreira pela OPP.

Desde 2002, coordenadora do Gabinete de Orientação do Instituto Superior de Engenharia do Porto onde realiza avaliação e intervenção psicológica e psicoterapêutica em diferentes modalidades e desenvolve programas de promoção da saúde e bem-estar psicológico, integração e sucesso académico, desenvolvimento pessoal e social e de gestão da carreira com jovens-adultos e adultos. Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta no Neurobios – Instituto de Neurociências. Formadora certificada pelo IEFP com experiência de mais de 4000 horas na área comportamental e em Coaching psicológico. Sócia fundadora e Presidente da Mesa da assembleia-geral da Rede de Serviços de Apoio Psicológico no Ensino Superior (RESAPES-AP). Coordenadora do Grupo de Trabalho da OPP – Intervenção do Psicólogo em Contexto de Ensino Superior. Membro da Direção da Ordem dos Psicólogos Portugueses, onde é responsável pela gestão de projetos na área do desenvolvimento profissional – estágios, empregabilidade, EUROPSY e Academia OPP.

Membros
Célia Figueira (CP 9236) (foto) Célia Figueira

Célia Palma Figueira licenciada em psicologia desde 1990. Mestre em Ciências da Educação, espacialização em psicologia da aprendizagem, desde 2005. Doutorada em psicologia da educação desde 2013 (tema da tese: Bem-estar nos estudantes do ensino superior: papel das exigências e dos recursos percebidos no contexto académico e das actividades de voluntariado).
Psicoterapeuta certificada pela Associação Portuguesa de Psicoterapias Comportamental Cognitivas desde 1997.
Especialista de psicologia clínica e de psicologia educacional e psicoterapeuta_especialidade avançada.
Actualmente exerce prática clínica privada (há mais de 15 anos) e é coordenadora do Gabinete de Apoio Psicopedagógico ao Estudante da Faculdade de Psicologia e do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (desde 2006).
É presidente da direcção da RESAPES_ Rede de Serviços de Apoio Psicológico no Ensino Superior.

Eugénia Ribeiro (CP 6629) (foto) Eugénia Ribeiro

Professora Auxiliar da Escola de Psicologia da Universidade do Minho. Completou o seu doutoramento em psicologia clínica, na Universidade do Minho em 1999. Atualmente, é diretora adjunta do programa de Doutoramento em Psicologia Aplicada da Escola de Psicologia da Universidade do Minho. Foi diretora do Mestrado em Psicologia Aplicada entre 2013 e 2016. Foi diretora do Serviço de Psicologia da Universidade do Minho entre 2008 e 2012, sendo atualmente supervisora de psicólogos em formação neste serviço.
Eugénia Ribeiro é membro da Society for Psychotherapy Research desde 1997. É membro do comité editorial das revistas internacionais: International Journal of Clinical and Health Psychology e da Psychotherapy Research. Foi diretora associada da revista Psicologia (da APP).
A sua carreira académica tem sido dedicada ao estudo da relação terapêutica, quer numa perspectiva macro quer micro-analítica. Nos últimos anos, o seu programa de investigação tem sido desenvolvido em torno do fenómeno da colaboração terapêutica, tendo por base o modelo da colaboração terapêutica e respectivo sistema de codificação (TCCS), desenvolvido pela sua equipa. Recentemente, introduziu uma componente psicofisiológica no seu programa de investigação com o objectivo de articular processos biológicos e psicológicos no estudo da colaboração terapêutica, tendo recebido uma bolsa da Fundação Bial (178/12) para suportar o seu projeto de investigação.

Filipa Heitor (CP 7169)
Luís Pereira Filipe (CP 8)
Sílvia João (CP 8729)
Valquíria Dias (CP 6272)
Anabela Pereira (CP 6882)