Ordem dos Psicólogos

Certificação APCER

Trilhos da Psicologia juntam Psicólogos das Ilhas do Triângulo na Madalena do Pico

30.Junho.2022

Em: Delegação Regional Açores

A “Intervenção com crianças e jovens em contextos de crise” foi um dos temas do evento dirigido aos psicólogos e à restante população das ilhas açorianas do Pico, São Jorge e Faial. Foi organizado pela direcção da Delegação Regional dos Açores (DRA) da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) e dinamizado também por membros da direcção nacional.

No primeiro dia destes "Trilhos da Psicologia pelas ilhas do Triângulo", 28 de junho, juntaram-se psicólogos, mas também professores e encarregados de educação numa roda de partilha dinamizada pela vice-presidente da OPP Sofia Ramalho. Ouviram-se as principais preocupações, mas também inspirações que moldam a relação destes adultos, nos diferentes contextos, com as crianças e jovens. "Têm um impacto muito mais positivo as intervenções com as crianças e jovens feitas a partir de comportamentos positivos do que de comportamentos negativos", alertou Sofia Ramalho.

Já no dia 29 de junho, pela manhã, realizou-se um workshop sobre o mesmo tema: "Intervenção com crianças e jovens em contextos de crise". Este, no entanto, dirigido a psicólogos e dinamizado pela vice-presidente da OPP Renata Benavente, que salientou a importância de serem validadas as emoções das crianças e jovens que vivem uma experiência traumática ou potencialmente traumática.

"Ensaio sobre o Futuro da Profissão" e ". Final à Pobreza"

Durante a tarde os psicólogos partilham as suas preocupações e dificuldades no exercício da profissão. Foi depois apresentado, por Sofia Ramalho, o "Ensaio sobre o Futuro da profissão". A vice-presidente da OPP convidou os psicólogos ali presentes a participar e salientou o facto de este ser um trabalho que "interessa a todos" e "irá contribuir para a próxima geração de psicólogos"

Tiago Pereira, membro da direcção da OPP, apresentou a campanha ". Final à Pobreza". Chamou a atenção para o facto de "um erro, uma falha ou simplesmente azar poder arrastar-nos para uma situação de pobreza" e de ainda existir, por parte da sociedade e também da própria pessoa, "culpabilização" dos indivíduos pelos seus problemas sociais. Os psicólogos ali presentes entregaram, no final, os seus contributos para a área da pobreza.

Nestes Trilhos da Psicologia pelas Ilhas dos Triângulo a direcção nacional da OPP esteve representada pelas duas vice-presidentes, Sofia Ramalho e Renata Benavente, e por Tiago Pereira. Já a direcção da DRA contou com seu presidente Marco Santos e Carla Rocha, Joana Ámen e Paula Domingues.