Delegação Regional Açores

Diário dos Açores

Como lidar com o fim de uma relação ...

09.Maio.2022

"Cada pessoa reage ao fim de uma relação de uma forma diferente, conforme a sua personalidade e experiências de vida. Não existe um tempo determinado ou uma forma certa de passar pelo processo". Leia o artigo de opinião da psicóloga, Catarina Cordeiro, no Diário dos Açores.

Ler Mais

Cuidar do bem-estar e saúde psicológica é tão importante como cuidar da saúde física

27.Abril.2022

A Região Autónoma dos Açores (RAA) está sujeita a diversos riscos específicos, entre os quais acidentes graves ou catástrofes - esta é uma zona considerada propensa a sismos, furacões, cheias, enxurradas e, excepcionalmente, erupções vulcânicas. Essas situações acarretam também, consequências a nível psicológico. Nesse sentido, a Delegação Regional dos Açores da Ordem dos Psicólogos elaborou uma "Proposta para a intervenção psicológica em situações de crise, emergência e catástrofe na Região Autónoma dos Açores".

Ler Mais

Diário dos Açores

Cuidar da democracia

26.Abril.2022

"Se queremos cuidar da democracia, temos de promover práticas educativas que envolvem a discussão e resolução de conflitos e problemas, a participação das novas gerações em processos de decisão, trabalho colaborativo e comunidades de aprendizagem alicerçadas na expressão e desenvolvimento de identidades diversas e plurais". Artigo de opinião do psicólogo César Soares, convidado a escrever na coluna da DRA no Diário dos Açores.

Ler Mais

Diário dos Açores

O Mundo grita por Paz… Cultivemos também a Paz

18.Abril.2022

"Limite a sua exposição a notícias, inspire-se de esperança e viva o presente (um momento de cada vez)." Artigo de aopinião do psicólogo Hélder Raposo, convidado a escrever na coluna da DRA no Diário dos Açores.

Ler Mais

Psicologia nos Açores

Traumas de Guerra

18.Abril.2022

Página mensal da DRA no Açoriano Oriental, este mês dedicada à Guerra e aos seus impactos psicológicos.

Ler Mais

PSIfalando

18.Abril.2022

A Delegação Regional dos Açores em parceria com a TSF e o Açoriano Oriental lança um novo programa intitulado de Psifalando. No primeiro episódio Marco Santos e Joana Ámen abordam os impactos psicológicos da guerra na Ucrânia, os riscos de se criarem preconceitos contra o povo russo, o efeito que a informação e contrainformação da guerra pode ter nos jovens e crianças e como devem os pais e educadores lidar com isso.

Ler Mais