Ordem dos Psicólogos

Certificação APCER

Trabalhar para facilitar contratações, reconhecer especialidades da Ordem e abrir estágios no SNS. Os três compromissos do ministro da Saúde no evento do Dia Nacional do Psicólogo

05.setembro.2023

Manuel Pizarro reconhece que o número de psicólogos no SNS é “aquém do necessário” durante o evento comemorativo do Dia Nacional do Psicólogo

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, afirmou esta segunda-feira que a generalização das Unidades Locais de Saúde (ULS) vai facilitar a contratação de psicólogos, que reconhece estarem "aquém do necessário". Foi durante o evento comemorativo do Dia Nacional do Psicólogo, realizado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) no Mosteiro de São Bento da Vitória, no Porto.

"A generalização das Unidades Locais de Saúde vai facilitar os mecanismos de concurso e contratação, sem os quais também é difícil que as evoluções decorram", explicou o ministro. Manuel Pizarro recordou que "foram em 2023 colocados os 40 psicólogos que resultaram do concurso aberto em 2018. "Acho que não é preciso dizer mais sobre a necessidade de uma mudança profunda no sistema de organização", acrescentou.

Reconhecendo a "situação caricata" da contratação de psicólogos que demorou quase cinco anos, o bastonário da Ordem dos Psicólogos Portugueses, Francisco Miranda Rodrigues, diz ter "elevadas expectativas" para que com a facilitação das contratações venham a ser reforçado o número de psicólogos no SNS, sobretudo nos cuidados de Saúde Primários. "São atualmente cerca de 300 e estão muito aquém das necessidades dos cidadãos", reforçou.

Também o ministro reconheceu haver "menos psicólogos do que os que seriam necessários no Serviço Nacional de Saúde para fazermos o trabalho que se impõe fazer na proteção da saúde mental dos portugueses", mas garantiu que "esse é um caminho que tem de se ir fazendo", referindo uma "agenda de trabalho que tem vindo a ser feita com a Ordem dos Psicólogos.

Manuel Pizarro diz que é uma "agenda de trabalho" que tem vindo a ser feita com a Ordem dos Psicólogos Portugueses e que "tem de ser acentuada".

"Não apenas a incorporação de mais psicólogos no SNS. Temos de dar públicos e rápidos sinais de evolução. Um deles é o reconhecimento das especialidades que a Ordem dos Psicólogos concede também para efeitos do Serviço Nacional de Saúde. E também a possibilidade de conceder estágios no SNS", enumerou.

O ministro garantiu ainda que "as próximas semanas vão ser semanas muito desafiantes para que estes objetivos possam ser alcançados".