Ordem dos Psicólogos

Certificação APCER

Bastonário trabalha protocolo para alterar actual paradigma

"Cadeias têm apenas 30 psicólogos para 14 mil presos" - Diário de Notícias

24.Janeiro.2017

"Quebrava todas as regras e entrei num processo de autodestruição. Só o apoio psicológico impediu o pior: A psicóloga ajudou a alterar o meu comportamento" - Testemunho de um ex-recluso que destaca a importância dos psicólogos em contexto prisional. Clique em "Ler Mais" para ter acesso à notícia e obter mais informações sobre as funções dos Psicólogos nos Estabelecimentos Prisionais.

Importa relembrar a importância do trabalho dos psicólogos nos estabelecimentos prisionais, nomeadamente no que à questão do custo-efectividade das intervenções neste contexto diz respeito, assim como o não cumprimento do legalmente estabelecido, a actual taxa de reincidência e o "peso" que o não acompanhamento psicológico traz para os restantes sistemas (como, por exemplo, Saúde).

Algumas das Funções dos Psicólogos nos Estabelecimentos Prisionais:
- Mudança de comportamentos
- Redução da Reincidência
- Informações para Tribunal
- Avaliações de Perigosidade
- Intervenção em crise
- Acolhimento (Avaliação psicológica e de risco)

Para ler o artigo, clique na imagem em baixo.