Comissão Temporária para a Supervisão e Intervisão

Estima-se que, cerca de 50% dos psicólogos e psicólogas tenham algum tipo de acesso à Supervisão e/ou Intervisão. Todavia, o acesso não está igualmente disponível pelo território nacional e a sua prática necessita da enquadramento e linhas de orientação.

Acresce ainda a necessidade de regulamentação desta actividade, face ao determinado no Regulamento Disciplinar da OPP (Regulamento 784/2016, de 8 de Agosto -publicado na segunda série do Diário da República), no que à sansão disciplinar de "Obrigação de prática supervisionada até ao máximo de 12 meses", diz respeito.

Tendo em conta estes dois imperativos, bem como a transversalidade de contextos profissionais e geográficos, entendeu a Direcção da OPP ser este o momento oportuno para a nomeação de uma Comissão Temporária que se debruce sobre a criação das linhas orientação para a prática da Supervisão e Intervisão. Decidiu igualmente a Direcção da OPP que esta Comissão Temporária fosse composta por elementos convidados por indicação das Direcções Regionais da Madeira e dos Açores, da Comissão de Ética, do Conselho de Especialidade Psicologia Clínica e Saúde, do Conselho de Especialidade Psicologia da Educação e do Conselho de Especialidade Psicologia Trabalho, Social e Organizações.

A Comissão Temporária para a Supervisão e Intervisão será presidida pelo elemento da Direcção da OPP com a competência atribuída na área (Despacho Interno N.º 19/2018).

Esta Comissão termina a sua actividade a 26 de Julho de 2019.

Presidente
Paulo Cunha (CP 510) (foto) Paulo Cunha
Membros
Cláudio Sousa (CP 3512)
Isabel Freire Andrade (CP 3846)
Maria Céu Taveira (CP 11947) (foto) Maria Céu Taveira
Maria João Barros (CP 8109)
Miguel Ricou (CP 6696) (foto) Miguel Ricou

Miguel Ricou nasceu no Porto no dia 03 de outubro de 1972. É Doutorado em Psicologia Clínica pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, Mestre em Bioética pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e Licenciado em Psicologia Clínica pelo ISCN–N. É o representante Português no Board of Ethics da EFPA. É Presidente da Comissão de Ética da Ordem dos Psicólogos Portugueses. É Professor Auxiliar na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e na Universidade Portucalense Infante D. Henrique. Já apresentou mais de três centenas de comunicações em congressos, publicou mais de três dezenas de artigos científicos e capítulos de livros, bem como dois livros na área da Ética Profissional.

Tânia Zimbra de Lemos (CP 8111)